“- O que é a terapia floral”? foi a pergunta que Pedrita Barbosa se propôs a responder durante a Semana Espiralados de Práticas Integrativas. Passando pela história da Terapia de florais, seguida da apresentação se seu precursor, o médico inglês Dr. Edward Bach.

   Durante a palestra, a terapeuta floral explicou quais são os métodos de extração dos florais, a Teoria da Relatividade, a Física Quântica e sua relação com a PIC. Além disso, foi abordada a diferença entre os sistemas florais de Bach e Saint Germain e o conceito de medicina vibracional. Ficou curioso(a)? Veja o resumo de cada tópico da apresentação neste logo abaixo. 

Leia mais 
Terapia floral: saiba mais sobre e aumente seu bem-estar

A trajetória de Pedrita se inicia na enfermagem e no cuidado com a mulher

    Pedrita Barbosa é Enfermeira Obstétrica com 12 anos de experiência; entre as quais se destacam o desenvolvimento do projeto “Melhoria da Assistência em Enfermagem Materno Infantil de Hospitais Provinciais” em Malanje, Huambo, Benguela e Luanda, onde atuou como Coordenadora para Ministério da Saúde de Angola (MINSA). 

  Na sua formação se destacam o Mestrado em Saúde da Mulher pela UERJ, pós-graduação em Terapia Floral pela UFRJ, além da formação em Practitioner em Florais de Saint Germain. Com Andre Belém, fundou a Espiralados em 2018.

terapeutafloral-pedrita barbosa
Pedrita Barbosa é Terapeuta Floral formada pela UFRJ e especialista em Florais de Saint Germain

A história da terapia de florais e os Florais de Bach 

  O uso das florais como método de cura tem origem na antiguidade, mas a aplicação precisa das essências florais para cuidar das emoções e atitudes foi desenvolvida pelo  Dr. Edward Bach, na década de 1930. 

   O médico inglês desenvolveu uma medicina natural, para tratar a saúde emocional e espiritual. Assim, desenvolveu as 38 Essências Florais de Bach, preparadas a partir das flores, cada uma para um estado emocional específico. Também criou uma combinação de cinco essências, designados para situações difíceis, à qual ele chamou de Rescue Remedy®

Método de Extração 

Ao desenvolver a técnica, Bach obtinha as as essências de duas maneiras: pela extração solar e de ebulição. O primeiro tem como resultado o que chamamos de “essência mãe”. A partir dela, é criada a essência estoque – que é usada na preparação de florais juntamente com outras essências receitadas pelas terapeutas.

terapiafloral-metodo de extração solar

Já o método de ebulição é obtido a partir da fervura, que origina a água energizada com o princípio das flores e suas propriedades curativas. Por ter um princípio ativo energético, as flores escolhidas devem ser sadias, no auge da floração e não ter passado por nenhum processo de tratamento químico.

terapiadeflorais-metodode ebulicao

A Teoria da Relatividade, a Física Quântica e os Florais 

  No século XX, o físico Albert Einstein provou que tudo no mundo é energia ao chegar à conclusão que E=m.c² (energia = massa x velocidade da luz²). A partir disso, compreendemos que o nosso corpo é feito de energia.  Já os Estudos de Max Planck, Albert Einstein, Louis de Broglie e Niels Bohs trouxeram ao mundo a Teoria da dualidade onda-partícula, que nos faz entender a composição corporal como matéria e energia (onda). 

  A partir da definição da autora do livro “Florais de Bach: fundamentos”, Débora Moralles, compreendemos que o corpo vibra na mesma frequência do floral, por meio da ressonância: “as essências florais são as marcas da frequência vibracional das flores, arbustos, plantas e água utilizada na fabricação dos extratos” 

A Medicina Vibracional 

   A Medicina vibracional é um conceito criado pelo médico Richard Gerber que sugere o estudo dos fenômenos biológicos sob a ótica da física quântica. Para ele, ao atuarmos no nível da vibração, é possível tratarmos desequilíbrios antes de se tornarem  doenças. 

  “No mundo da medicina vibracional, a doença é causada não apenas por germes, substâncias químicas e traumas físicos, mas também por disfunções crônicas dos padrões de energia emocional e pelos maus hábitos de relacionamento da pessoa consigo mesma e com os outros. O caminho vibracional não usa bisturis e medicamentos de laboratório para tratar as doenças, mas sim diferentes formas de energia para produzir transformações curativas na mente, no corpo e no espírito do doente” (Richard Gerber – Medicina Vibracional: Uma medicina para o Futuro).

Para que possa ocorrer alteração terapêutica no corpo sutil, temos que administrar energia que possui frequências que estão além do plano físico. Os remédios vibracionais contêm essas energias sutis de alta frequência, como é o caso dos florais. 

Diferença entre essência floral e terapia floral

   As essências florais são extratos líquidos naturais, inodoros e altamente diluídos de flores que se destinam ao equilíbrio dos problemas emocionais. Elas atuam em níveis sutis, harmonizando, assim, a pessoa internamente e no meio em que vive. Seu uso não tem contra indicação por idade e também não interfere em outros métodos terapêuticos. Pelo contrário, pode potencializá-lo. 

  O Ministério da Saúde define a PIC adicionada em 2018 como “prática complementar e não medicamentosa que, por meio dos vários sistemas de essências florais, modifica certos estados vibratórios auxiliando a equilibrar e harmonizar o indivíduo” (Portaria nº 702, de 21 de Março de

2018)

Aplicações e benefícios da Terapia Floral 

  • Ansiedade 
  • Produtividade
  • Performance
  • Foco
  • Atenção 
  • Motivação 
  • Ansiedade
  • Medo/Insegurança 
  • Irritabilidade/Impaciência 
  • Exaustão 
  • Culpa 
  • Estresse Burnout 
  • Tristeza 
  • Traumas e Choques 

Sistema Floral Bach & Saint Germain

  O Sistema Floral de Bach surgiu na Inglaterra em 1930. Ele possui 38 essências florais e uma única fórmula. Sua preparação pode ser feita por método solar ou de fervura. Na seleção das essências consideramos o temperamento da pessoa. 

 Já o Floral de Saint Germain foi criado em 1996 no Brasil por Neide Margonari. Atualmente ele conta com  89 essências e 17 fórmulas, cuja preparação pode ser feita tanto por método solar quanto por fervura. Ao selecionar as essências, o terapeuta deve considerar a biografia de vida da pessoa, bem como a causa emocional que desencadeou os processos negativos pelos quais está passando. 

Fórmula Emergencial de Saint Germain 

  Há momentos na vida em que nos sentimos perdidos, estressados, muito ansiosos e com descontrole emocional agudo. Para ajudar a atravessar esses momentos com êxito, foi criada a fórmula emergencial de Saint Germain. Composta por 12 essências florais, ela atua nos níveis físico, mental, emocional e etérico.

As 12 essências:

  • Algodão – é uma essência que auxilia na limpeza, tônico floral, ajuda

na remoção de energias negativas

  • Allium – é uma essência de proteção, nos devolve a calma e o

discernimento

  • Arnica Silvestre – trabalha na auto-cura, auxilia a perceber o

desequilíbrio

  • Cidreira – indicado para quem possui preocupação excessiva e

insônia, melhora ansiedade

  • Focum – auxilia na remoção de traumas, indicado para bebês

agitados sem causa aparente

  • Goiaba – indicado para medo de perder o controle durante provas,

testes, reuniões no trabalho etc. Essência que traz tranquilidade de

equilíbrio

  • Incensum – floral de limpeza e elevação do padrão de vibratório,

muito utilizado em grandes catástrofes e onde há tristezas

  • Ipê Roxo – é um tônico floral para situações de estresse, alinha e

refaz a energia após situações de grande desgaste físico e mental

  • Panicum – para pessoas que vivem em constante estado de medo e

agitação interna

  • Saint Germain – para quem não consegue ver saída, para

inquietação, desespero, medo de dormir, medo de escuro, depressão.

Traz a energia da luz, lucidez e paz

  • São Miguel – potente protetor, auxilia em transmutação de energias
  • Varus – essência indicada para as pessoas que idealizam, mas não

consegue realizar. Devolve a harmonia e alegria

A Terapia de florais faz parte das Práticas Integrativas e Complementares reconhecidas pelo Ministério da Saúde desde 2018, sendo oferecida, inclusive, em hospitais do Sistema Único de Saúde no Brasil. A comprovação de seus benefícios é feita por meio de depoimentos e pesquisas científicas no Brasil e no mundo. Junto com 6 outras práticas, os florais fazem parte da seleção natureza.

Gostou do e quer saber mais? Continue acompanhado os artigos da Espiralados e nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Linkedin.